BACHARELADO EM CANTO

Missão

Preparar o regente para o autodesenvolvimento de forma continuada e permanente, que atenda as exigências da responsabilidade social, ética e artística, com vistas a se tornar sujeito autônomo, crítico-reflexivo e criativo no exercício de sua profissão, utilizando técnicas consagradas e contemporâneas, vinculadas às dimensões estéticas e tecnológicas da atualidade.

Sobre o Curso

Regência é a arte de conduzir um grupo de músicos e/ou cantores através dos gestos. Tendo apenas esse parâmetro como definição, parece simples o que os regentes fazem diante de uma orquestra ou de um coro. Porém, atrás dessa mímica estão contidos vários elementos, como fraseado e expressão, sem os quais os movimentos corporais, marcando simplesmente o andamento musical, não conseguiriam extrair a verdadeira essência da obra executada. O regente existe desde que duas pessoas ou mais decidiram fazer música em conjunto. Mesmo em um quarteto de cordas ou um duo de piano existe a necessidade de um líder, um coordenador. Claro que, quanto menor o grupo, maiores são as possibilidades de discussão e busca de uma interpretação com a conciliação de ideias entre todos. À medida que este grupo vai se ampliando, maior é a necessidade de uma cabeça pensante para liderar o trabalho e unificar as ideias. Foi o que aconteceu nos períodos da renascença e barroco, onde o regente, ou líder musical, inicialmente fazia parte do corpo executante, seja como instrumentista, seja como compositor executante. O curso de Regência do CBM foi um dos primeiros da cidade do Rio de Janeiro, sendo, também, um dos primeiros do Brasil.

Objetivo Geral

O curso visa formar regentes e desenvolver habilidades e competências baseadas em conhecimentos que produzam um profissional da música criativo, participativo, atuante e responsável, com sensibilidade artística e capacidade de reflexão no campo da Música. É fundamental que compreenda o âmbito cultural como ação coletiva, para que possa atuar como músicos capazes de estruturar a gestão do grupo. Para tanto desenvolve funções de organizar, planejar, conduzir/interpretar música coral, instrumental de diferentes formações e orquestral e desenvolver ações que propiciem a produção, fruição, distribuição e consumo de bens culturais e artísticos no campo da música.

Objetivos Específicos

O Curso tem como objetivos específicos atender às demandas profissionais oriundas dos mais diversificados meios musicais; formar músicos regentes com qualificação otimizada para o exercício de seu ofício; e desenvolver a capacidade reflexiva para conduzir e orientar a pesquisa científica em Música.

Duração e Público-alvo

O Curso está estruturado em oito semestres letivos, 4 anos e é destinado às pessoas que queiram desenvolver habilidades específicas da área de regência orquestral e coral.

Coordenação

Zoya Alves Maia possui mestrado em Música pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007), graduação em Música - Bacharelado pela Universidade Estácio de Sá (1997), graduação em Licenciatura Plena em Educação Artística – Habilitação em Música pelo Conservatório Brasileiro de Música (2003). Atualmente é coordenadora dos cursos de graduação do Conservatório Brasileiro de Música - Centro Universitário Brasileiro de Educação (CBM-UNICBE). Ocupa o cargo de Professor I na Prefeitura do Rio de Janeiro na Escola Municipal Campo dos Afonsos.

Processo Seletivo

Nesta forma de ingresso, o candidato fará as provas estabelecidas, constantes do Edital. Para se inscrever, o candidato deverá ter concluído o Ensino Médio (ou equivalente). A inscrição pode ser feita pela internet (www.cbmmusica.edu.br) ou na sede do CBM-UniCBE. A comprovação de conclusão do ensino médio deverá, obrigatoriamente, ser apresentada no ato da matrícula, juntamente com o Contrato de Prestação de Serviços Educacionais, devidamente assinado.

Endereço da Unidade

Avenida Graça Aranha, nº. 57, 12º andar, Castelo, Rio de Janeiro, RJ.

Referência: Metrô - Estação Cinelândia, Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Biblioteca Nacional, FUNART, Ministério do Trabalho e Vale.