GRADUAÇÃO EM INSTRUMENTO

Coordenação

Zoya Alves Maia possui mestrado em Música pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007), graduação em Música - Bacharelado pela Universidade Estácio de Sá (1997), graduação em Licenciatura Plena em Educação Artística – Habilitação em Música pelo Conservatório Brasileiro de Música (2003). Atualmente é coordenadora dos cursos de graduação do Conservatório Brasileiro de Música - Centro Universitário Brasileiro de Educação (CBM-UNICBE). Ocupa o cargo de Professor I na Prefeitura do Rio de Janeiro na Escola Municipal Campo dos Afonsos.

Objetivos Gerais:

O curso visa formar instrumentistas e desenvolver habilidades e competências baseadas em conhecimentos que produzam um profissional participativo, atuante e responsável. Além disso, potencializar sensibilidade artística e capacidade de reflexão no campo da Música para inserir o novo profissional na sociedade de modo crítico e criativo, compreendendo a cultural como ação coletiva, para que a partir desta compreensão possam atuar como músicos, habilitados a desenvolver ações que propiciem a produção, fruição, distribuição e consumo de bens culturais e artísticos no campo da música.

Objetivos Específicos:

O Curso de Bacharelado em Instrumento do CBM-UniCBE, visa formar profissionais com uma sólida formação artística, humanística e científica nas habilitações das práticas Interpretativas, potencializando suas capacidades musicais, críticas e criativas para que possam desenvolver as condições necessárias à releitura de obras musicais compostas ou para gênese de obras musicais originais. O Curso tem como objetivos específicos atender às demandas profissionais oriundas dos mais diversificados meios musicais; formar músicos profissionais com qualificação otimizada para o exercício de seu ofício; e desenvolver a capacidade reflexiva para conduzir pesquisa científica em Música.

Podemos assim detalhá-los:

  • Desenvolver o conhecimento e o desempenho técnico-artístico musical;
  • Integrar a expressividade e a criatividade à formação;
  • Desenvolver o domínio da expressão do movimento através de habilidades motorasespecíficas;
  • Levar o aluno a explorar o contexto social e cultural para uma identidade musicalnuma perspectiva histórica e artística;
  • Desenvolver a capacidade de estabelecer relações de comunicação, levando emconsideração a experiência particular de sua cultura;
  • Estabelecer relações entre a Música e as demais áreas do conhecimento, no intuitode ampliar a visão dada pelo mercado;
  • Considerar as estruturas advindas das músicas populares e os corpos imanentes devariados segmentos sociais na formação do intérprete e do compositor.
  • Construir a partir da oferta de consistente substrato teórico e empírico, a capacidade gerenciar processos de produção, fruição e conservação de bens culturais, considerando a inclusão de realidades diversas;
  • Construir e desenvolver trabalhos musicais instrumentais, em grupos ou individual; com variedade de estética.

Justificativa

O Rio de Janeiro possui uma vida cultural riquíssima e uma imensa quantidade de teatros e eventos culturais nacionais e internacionais, incluindo-se aí uma grande quantidade de eventos musicais, além das mais importantes salas de concerto do país, tais como: Theatro Municipal do Rio de Janeiro; Sala Cecília Meireles; Teatro Municipal de Niterói; Sala Sinfônica da Cidade das Artes; Igreja da Candelária, Igreja do Carmo da Antiga Sé, entre outras. Esse cenário é bastante otimista tanto para os músicos quanto para os instrumentistas. Várias exposições e apresentações necessitam de produções inovadoras como também de monitores preparados para orientarem o público e potencializar o interesse do expectador leigo em Música.

Com a expansão de códigos culturais de variados grupos em nosso país, cresce também a necessidade de uma compreensão multicultural capaz de entender desde a estética clássica, à gramática urbana contemporânea. Música, para ser apreciada no país, solicita aos artistas / músicos que fomentem a curiosidade e importância dos seus estudos na comunidade em que se insere. Este é o papel do Curso de BACHARELADO em MÚSICA/INSTRUMENTO amplificar a importância da música - cultura entre os seus discentes, para que estes, por necessidade intrínseca, multipliquem todo o conhecimento capaz de mudar e transformar mundos. na comunidade em que se insere. Este é o papel do Curso de BACHARELADO em MÚSICA/INSTRUMENTOS amplificar a importância da música - cultura entre os seus discentes, para que estes, por necessidade intrínseca, multipliquem todo o conhecimento capaz de mudar e transformar mundos. No início do curso o discente terá a opção de escolher um instrumento principal, ele terá oito semestres de aulas individuais do instrumento escolhido, visando a performance. O aluno poderá optar por um dos seguintes instrumentos: Piano, Violão Clássico, Violino, Viola, Violoncelo ou Contrabaixo.

Processo Seletivo

Nesta forma de ingresso, o candidato fará as provas estabelecidas, constantes do Edital. Para se inscrever, o candidato deverá ter concluído o Ensino Médio (ou equivalente). A inscrição pode ser feita pela internet (www.cbmmusica.edu.br) ou na sede do CBM-UniCBE. A comprovação de conclusão do ensino médio deverá, obrigatoriamente, ser apresentada no ato da matrícula, juntamente com o Contrato de Prestação de Serviços Educacionais, devidamente assinado.

Transferências

Passagem do vínculo do estudante regular de uma Instituição de Ensino para o CBM-UniCBE, com a finalidade de prosseguimento de estudos no mesmo curso de origem. O interessado deverá acessar o site do CBM-UniCBE (www.cbmmusica.edu.br), em Downloads, Edital, Transferência Externa, e verificar a solicitação da documentação necessária para deferimento da transferência. Aguardar o deferimento, pelo Coordenador do Curso, que ocorrerá após estudo curricular, obedecendo-se ao controle de vagas por curso. No ato da matrícula, o candidato deverá assinar o Contrato de Prestação de Serviços Educacionais.

Obs.: O processo de transferência entre IES está sujeito à análise da documentação apresentada, nos termos da legislação e das normas vigentes.

Transferência para outras instituições de Ensino Superior

Passagem do vínculo do estudante regular do CBM-UniCBE para outra Instituição de Ensino Superior, com a finalidade de prosseguimento de estudos no mesmo curso de origem. O aluno deverá preencher requerimento na secretaria do CBM-UniCBE, solicitando o histórico e conteúdo programático das disciplinas cursadas.

Ao solicitar a documentação necessária, o aluno deverá trancar sua matrícula automaticamente, para não caracterizar abandono de curso. A solicitação de Transferência Externa para outra IES não exime o aluno da responsabilidade pelo pagamento das mensalidades vencidas até o dia da solicitação.

Transferência Interna

Passagem do vínculo do estudante regularmente matriculado de um curso para outro dentro do CBM-UniCBE, respeitando o prazo de integralização curricular. O aluno deverá preencher requerimento na secretaria do CBM-UniCBE, solicitando a transferência e análise curricular, sujeita a aprovação da coordenação, podendo ou não o aluno ser submetido a provas de adequação ao novo curso pleiteado.

O Ensino Médio Completo é pré-requisito para o ingresso no curso

Duração

4 anos

Investimentos

Consulte os preços na Central de Matrículas pelo telefone (21) 3478-7600.

Local da Oferta

Avenida Graça Aranha, nº. 57, 12º andar, Castelo, Rio de Janeiro, RJ.

Referência: Metrô - Estação Cinelândia, Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Biblioteca Nacional, FUNART, Ministério do Trabalho e Vale.

Turnos

Manhã e Noite

Documentação

Cópias de:

  • Carteira de Identidade;
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • Certidão de Registro Civil (nascimento, casamento, separação judicial ou divórcio);
  • Diploma de curso superior de graduação (ou de curso equivalente);
  • Histórico Acadêmico de curso superior de graduação;
  • Título de Eleitor;
  • Comprovação de Situação Militar (se for o caso);
  • Comprovante de Residência;
  • 1 foto 3x4 (recente);

Observação: O(a) candidato(a) deverá apresentar a documentação, obrigatoriamente, no ato da matrícula.

Considerações Finais

  1. Vagas limitadas.
  2. A realização do curso está sujeita à quantidade mínima de matrículas.